Contentamento - C. H. Spurgeon


Traduzido por Caramuru Afonso
A Bíblia nos ordena que estejamos contentes com o que temos (Hebreus 13:5; Filipenses 4:11-12; Lucas 3:14). Uma falha em estar contentes leva a múltiplos problemas: queixa, aflição, inveja, ingratidão, cobiça, etc. Os descontentes acham difícil o sacrifício pela causa de Cristo porque eles se vêem "injustamente" privados. Pensamos que há um grande problema quanto a estar contente com nosso nível de prosperidade: "Não temos o suficiente... mas se conseguíssemos um pouco mais então ficaríamos contentes". Que mentira! Se não estou contente com o que tenho no momento, eu não ficaria contente (por mais do que um ou dois dias) com o dobro disso. A ideia do contentamento que deve existir em cada cristão elimina toda brecha para a ganância e insatisfação que são os fatores que movem as pessoas ao descontentamento.

Contentamento - C. H. Spurgeon Contentamento - C. H. Spurgeon Reviewed by Escriba Digital on fevereiro 13, 2012 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.