O Sonho da Mulher de Pilatos - C. H. Spurgeon



“E, estando ele assentado no tribunal, sua mulher mandou-lhe dizer: Não entres na questão desse justo, porque num sonho muito sofri por causa dele.” Mateus 27:19
Eu desejava sinceramente continuar com a história dos sofrimentos de nosso Salvador antes de Sua crucificação, mas quando me sentei para estudar o tema, descobri-me absolutamente incapaz desse exercício. “Quando pensava em entender isto, foi para mim muito doloroso (Salmos 73:16).” Minhas emoções se tornaram tão fortes, e meu sentido da dor de nosso Senhor voltou-se tão extremamente vivido, que senti que deveria adiar o tema por um tempo. Mas, ainda que não pudesse vigiar com Ele outra hora, não podia também abandonar a sagrada cena.
Portanto, foi para mim um alívio encontrar-me com o episodio da mulher de Pilatos[1] e seu sonho: permite-me continuar com a linha de minha narrativa, e no caso, relaxar da extrema tensão dos sentimentos causados por uma visão próxima da dor e vergonha do Senhor.



Este site contém links para outros sites, cujos conteúdos são de responsabilidade dos respectivos proprietários. Dúvidas sobre os links aqui publicados, avise-nos pelo e-mail: contatogospelbook@gmail.com, tomaremos as providências necessárias imediatamente.